N
otícias
Financiamento ao Setor Social em tempos de pandemia foi tema em workshop da Feira Social Digital
2021.03.19

No âmbito da Feira Social Digital, a decorrer até 31 de março, a NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém está a realizar um ciclo de workshops direcionados ao setor da Economia Social. CAFÉ IN Digital Social é o nome da iniciativa, que garante seminários online gratuitos sobre diversos temas com interesse para o Terceiro Setor. “Financiamento ao Setor Social em tempos de pandemia” foi o tema da última sessão, liderada pelo Banco Montepio, parceiro da iniciativa. Na próxima semana estão em agenda mais duas sessões sobre o tema financiamento, da responsabilidade da mesma entidade bancária.

 

A sessão “Financiamento ao Setor Social em tempos de pandemia” teve como objetivo dotar as entidades da economia social de conhecimentos que lhes permitam elaborar um plano de financiamento para apresentação a linhas de crédito. Paulo Amorim, Diretor Adjunto da Direção Comercial da Economia Social e do Setor Público do Banco Montepio e Mário Machado, responsável do Departamento da Economia Social e do Setor Público - Centro Sul foram os oradores do webinar, que decorreu com a participação de cerca de 50 participantes.

Paulo Amorim começou por explicar às entidades presentes que o Banco Montepio dispõe de uma “equipa especializada e dedicada ao Setor Social”, disponível para apoiar as instituições neste momento de fragilidade causado pela pandemia. Temos uma “equipa pós-graduada ou mestrada em Economia Social, o que nos fez perceber as necessidades”, reforçou, acrescentando que o “nas primeiras duas semanas de pandemia e de confinamento já tínhamos contactado todos os nossos clientes”, afirmou.

Mário Machado interveio de seguida, facultando algumas dicas para as entidades poderem “estruturar um pedido de financiamento em quatro passos”. Caracterização da instituição, definição da finalidade do empréstimo, elaboração de um plano de negócios (no caso de criação de novas vagas) ou análise financeira do projeto e respetivas projeções económico financeiras e disponibilização de dados necessários na formalização (relatório de atividades e contas, memória descritiva, entre outros elementos), são os passos necessários para realizar um pedido de financiamento bem-sucedido.

Quanto a soluções de financiamento, Mário Machado deu a conhecer pormenorizadamente a Conta Acordo, produto exclusivo que facilita e assegura as necessidades de tesouraria que possam surgir antes do recebimento dos fundos estatais, a Linha de Apoio ao Setor Social Covid-19, linha de crédito que procura apoiar as necessidades de tesouraria, a Linha de Crédito +Impacto Social, que procura ajudar as instituições a promover a inclusão social e, por fim, a Linha de Crédito Fundo para a Inovação Social, que pretende facilitar o acesso ao financiamento bancário e melhorar as condições de financiamento das iniciativas de Inovação e Empreendedorismo Social.

No fim da apresentação técnica do Banco Montepio, tomou a palavra Sónia Lobato, Presidente da UDIPSSS - União Distrital das Instituições Particulares de Solidariedade Social de Santarém, parceira da Feira Social Digital a par do Banco Montepio. A responsável agradeceu uma vez mais à NERSANT a realização “deste espaço de reflexão e informação. A NERSANT tem empatia pelo Social, que lhe fez escolher muito bem o alinhamento destas sessões”.

Quanto à temática do financiamento, afirmou ser “não o coração, mas os pulmões das instituições”. “Precisamos de pulmões saudáveis. Os dias que vivemos vêm agudizar a dependência dos subsídios do Estado, mas também a dependência do financiamento“, começou por dizer, acrescentando que “o financiamento tem de ser visto pelas instituições numa perspetiva de investimento, que é o que vai trazer retorno e liquidez à instituição. Aflige-me que vejam o financiamento como apoio à tesouraria”, concluiu.

O Presidente da Comissão Executiva da NERSANT, António Campos, comentou a sessão afirmando que “algumas instituições têm dificuldade em lidar com dívida, mas a mesma, se for equilibrada, é um fator de desenvolvimento”. “O endividamento pode ser uma solução saudável” e “a banca foi feita para facilitar o funcionamento da economia”, concluiu.

Na próxima semana, decorrem ainda mais duas sessões sobre o tema financiamento, da responsabilidade do Banco Montepio. São elas Financiamento para a Inovação e Empreendedorismo Social, a realizar na tarde de segunda-feira, 22 de março, e Financiamento e Produtos Sustentáveis, agendado para o dia 24.

O ciclo de workshops CAFÉ IN Digital Social encerra dia 26, com a apresentação da plataforma de negócios da NERSANT, Compro no Ribatejo, onde está a decorrer a Feira Social Digital. O certame, que tem surpreendido pela positiva, decorre até dia 31 de março e pode ser visitado em https://compronoribatejo.pt/feira/1-feira-social-digital.

Pesquisa

A
genda
Lamentamos a informação que procura não se encontra disponível.
Contactos

Nersant, A.E.
Departamento de Sistemas de Comunicação e Informação
Tel: 249 839 500
Fax: 249 839 509

E-mail: dsci@nersant.pt

L
ogin
Login
Password