N
otícias
Governo quer desenvolver setor da economia social
2016.01.27

O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, defendeu hoje a importância da economia social e salientou o empenho do Governo no desenvolvimento do setor.

 

 

 

Vieira da Silva aproveitou a cerimónia de encerramento de entrega dos Prémios António Sérgio para "afirmar o empenhamento do Governo na economia social" e lembrou que isso está presente no programa do executivo PS.

Segundo o ministro, o Governo pretende, nomeadamente, "trazer o Simplex para o setor" e exemplo disso será a possibilidade de constituir uma "cooperativa na hora".

"A economia social tem um peso de 5,5 por cento no emprego nacional", disse, citando dados de 2010.

Para Vieira da Silva, "a dimensão quantitativa da economia social é tão importante quanto a sua dimensão qualitativa" e não existe qualquer contradição entre os serviços de solidariedade prestados pelo Estado e os prestados pela economia social. "Há assim a conciliação das duas dimensões", disse.

Vieira da Silva encerrou a cerimónia de entrega dos Prémios Cooperação e Solidariedade António Sérgio 2015, que galardoou o padre Lino Maia com o prémio especial Personalidade do Ano, enquanto presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade.

O ministro considerou que a entrega destes prémios é "um sinal do dinamismo do setor da economia social".

Fonte: NOTICIAS AO MINUTO

Pesquisa

A
genda
Lamentamos a informação que procura não se encontra disponível.
Contactos

Nersant, A.E.
Departamento de Sistemas de Comunicação e Informação
Tel: 249 839 500
Fax: 249 839 509

E-mail: dsci@nersant.pt

L
ogin
Login
Password